Práticas comuns como o “estalar pescoço”, fazer alongamentos, manipulações na coluna e até uma massagem realizada de forma inadequada podem ter consequências graves para a saúde.

Sabha conta que existe um limite de movimentação para cada uma das articulações do corpo humano que precisa ser respeitado. E reforça que, quem tem dores crônicas não deve fazer alongamentos sem consultar profissionais habilitados nas terapias manipulativas osteopáticas.“A prática de alongamento, por exemplo, é bastante banalizada por falta de conhecimento. Ouvimos muitas indicações de movimentos e alongamentos sem critério nenhum que podem resultar em complicações graves quando pacientes com lesões crônicas tentam realizar alongamentos aparentemente simples e pioram seu quadro de dor, rigidez e chegam a travar a coluna, necessitando de medicação e, em alguns casos, internação”.

Leia a reportagem completa na íntegra: https://revistaunick.com.br/estalar-pescoco-pode-ser-prejudicial-para-saude/