Depois da pandemia, podemos enfrentar uma epidemia de obesidade e dores crônicas.